quarta-feira, 18 de março de 2009

Mensagens!




V
(Eduardo Bento)

Por mais
Intensa força
A vontade escapa,
Os planos fraquejam e
Meus dias se tornam arma.
Os lamentos trazem uma triste
E canhestra idéia do que seria a vida.
Se ao menos pudesse eu compreender,
Se eu ao menos pudesse limitar os prazeres;
Talvez toda essa dor, toda essa magnificência vil,
Ocuparia uma escala menor em relação à vivência prima.
Sigo em linhas tortuosas, sem ao menos saber ver,
Haja vista que meu tempo esvaece em saberes.
Triste comoção que exorto em meio ao caos,
Sem lapidar alguma alegria real em mim.
É como sorrir sem dentes, sem visão;
É essa dor nula, sem uma redição.
É triste morrer sem ter nada,
E o nada é triste sem que
Tenha tudo à sua volta,
Sem que a vida siga
Em frente, além.
No mal, amém!
Nullus sedere per nos. Sedere maximu per tu.

13 comentários:

  1. Belo texto...


    Adorei a disposição que fizeste...


    beijos

    ResponderExcluir
  2. LINDO!
    Dupla forma de expressão!
    Não sei exatamente no que se inspirou, mas tá mais pra losângulo do que V! aieuiaehiuaheuia

    Um V espelhado talvez!
    como se sua obra fosse um reflexo da sua essência no espelho da sua alma!

    ui!
    auehauiheiuaeua

    Gostei mesmo do conteúdo!

    Beijoss

    ResponderExcluir
  3. Aê meninas, que bom que vcs gostaram da postagem

    Agradeço de coração vcs!!

    E Dai, sua percepção está correta, só falta ainda mais alguns elementos para ficar completa!! Mas vc capta bem rápido as coisas, parabéns!

    beijos

    ResponderExcluir
  4. A própria estrutura do texto tem sua marca. Eu adoro esse teu entusiasmo, essa tua vontade de poesia. de ser ela e vivê-la.
    só acho que ela podia ser menos hermética. e mais arroz com feijão. Saudades de vc , edu. e brigada mesmo por abrir esse blog e deixar as pessoas fantasiadas com o que sai daí da sua cartola.... fascinante... vou dar mais uma olhada por aqui!

    ResponderExcluir
  5. adorei !!!
    isso faz a gente pensar um pouco mais na vida!
    suasuaha

    parabéns.

    ResponderExcluir
  6. Mas meu primo é um poeta!
    Que orgulho! uhhuuhauah
    (mas meu latim tá assim, meio inexistente...)

    Agora sério Du, lindo mesmo!

    ResponderExcluir
  7. eduuuuu meu keridiinhuuu! :D
    mt massa viu *-*

    beeeijooo ;****
    s2

    ResponderExcluir
  8. Ae veio
    Não sou bom em entender poemas hahahaha mas ficou bom esse heim!
    abraços sucesso!

    ResponderExcluir
  9. Adorei seu blog..
    Parabens...
    beijao...
    Carol...

    ResponderExcluir
  10. Hummmm ...ta binhitu Du
    Vou fuçar no seu blog :)
    Beijão

    ResponderExcluir
  11. Que legal seu blog Eduardo :)
    Ta lindo na foto menino...
    Depois vou olhar com mais calma.
    Parabéns...felicidades...paz...
    boas energias...
    Grande beijooo

    ResponderExcluir